sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Rio Cricket: A origem do primeiro time carioca de futebol

Em uma época quando frequentar clubes era uma novidade ainda restrita aos estrangeiros que chegavam ao Brasil para trabalhar, um grupo de ingleses, liderado por George E. Cox e Basil Freeland, fundou em 15 de agosto de 1897 em Niterói o Rio Cricket and Athletic Association. O objetivo era ter um espaço próprio para a prática do cricket e do tennis de grama, onde pudessem também promover encontros para um chá ou whisky. O surgimento do novo clube tem relação direta com um importante evento histórico do país, a Proclamação da República, ocorrida no dia 15 de novembro de 1889.
O time de críquete do clube
Fundado com o nome de Rio Cricket Club, em 15 de agosto de 1872, o clube mudou de nome e de endereço algumas vezes. No início, ocupava um terreno na Rua Paysandu, em Laranjeiras, no Rio de Janeiro, que era alugado pelo Conde d’Eu, marido da princesa Isabel. Com o advento da República, todos os imóveis da família real foram desapropriados, e o terreno utilizado pelo clube foi incorporado pela União em 1890.
Com o aluguel não renovado, o Rio Cricket ficou sem “casa”. O fato, combinado com a apatia dos associados, provocou a primeira cisão no clube, o que resultou no surgimento, em abril de 1892, do Clube Brasileiro de Cricket. O Banco da República, que geria os imóveis da família real, permitiu ao Rio Cricket utilizar o terreno como empréstimo. Em 1895, os dois clubes voltariam a ser um só, chamado Clube Brasileiro de Cricket. No início de 1897, o Banco da República colocou o terreno emprestado à venda, e alguns sócios decidiram adquirir um imóvel próprio, o que se deu em Niterói. Surgiu então o Rio Cricket and Athletic Association.
O Banco da República não conseguiu vender o terreno, e o Clube Brasileiro de Cricket continuou utilizando-o. Como forma de reforçar a ideia de que a área usada na rua homônima atendia perfeitamente aos seus associados, em 1899 passou a se chamar Paysandu Cricket Club. E, a partir de 1916, mudaria o nome novamente, para Paysandu Athletic Club.
Coube a um de seus associados, Oscar Cox, filho de George Cox, também seu fundador, lançar a semente da prática do futebol no Rio de Janeiro em 1898. Oscar treinaria duas equipes, uma formada por jogadores do Rio Cricket e a outra composta de atletas do Paysandu e de outros jogadores, que recebeu o nome de Rio Team. Em 22 de setembro de 1901, foi realizada a primeira partida de futebol com regras, bola e campo oficiais no estado do Rio de Janeiro.
Para serem aceitos na Liga Metropolitana de Football, que organizaria a primeira edição do campeonato carioca em 1906, o Rio Cricket e seu coirmão Paysandu precisaram incluir em seu estatuto a prática do futebol.
A estreia da equipe de Niterói aconteceu em 6 de maio, na goleada de 7 a 0 contra o Football & Athletic. O Rio Cricket fez uma boa campanha e ficou na terceira colocação entre as seis equipes participantes. A partida decisiva para o título, conquistado pelo Fluminense, foi em seu campo, no dia 14 de outubro, quando foi derrotado por 4 a 1. A partir de 1908 passou a fazer parte da Liga Metropolitana de Sports Athléticos, realizando campanhas regulares, sem grandes destaques, enquanto o Paysandu chegou a conquistar o título estadual em 1912. Ao longo dos anos a maior dificuldade do clube foi encontrar atletas dispostos a atuar pela equipe, o que nem sempre havia entre os associados.
Com a Primeira Guerra Mundial, mais de 50 sócios deixaram o Brasil para servir o país de origem no conflito. O que foi no primeiro momento motivo de orgulho pela causa patriótica e abnegada, logo se transformou em tristeza, à medida que notícias ruins chegavam da Europa.
No campeonato estadual de 1915, o Rio Cricket venceu apenas duas das dez partidas realizadas, uma delas por W.O. (Walkover) – o adversário São Cristóvão não apareceu. Último colocado na classificação geral, o clube teve a chance de escapar do rebaixamento ao enfrentar o campeão da segunda divisão, o Andarahy. A primeira partida acabou empatada em 2 a 2, o que provocou a realização de outro jogo.
Os desfalques no time inglês continuaram a crescer. O meio-campista Whitton, por exemplo, dias após o primeiro confronto, retirou-se e foi para a guerra. A segunda partida também terminou em empate. Na terceira e decisiva, a derrota por 4 a 2 definiu o rebaixamento do Rio Cricket. Em 16 de maio de 1917, ele oficializaria a saída da liga e não mais voltaria a participar do campeonato estadual, passando apenas a manter equipes amadoras.

Fonte:
 Aventuras na História

Nenhum comentário:

Postar um comentário